08/07/2017

Old friends and wine

O Marco e o Leopoldo são meus amigos há mais de 20 anos. 
Conhecemo-nos quando vim estudar arquitectura para Lisboa, e foram eles, e tantas vezes as suas famílias, que me apoiaram na minha integração na cidade, tão grande em comparação com o lugar pequeno de onde vinha. Ainda hoje tenho enorme gratidão e amizade por eles, apesar de inevitavelmente nos termos afastado, depois da vida começar a correr mais depressa. 
Passado todo este tempo, e numa altura em que o desenho é algo tão importante na minha vida, recordo-me que eles eram os melhores desenhadores de entre todos, e talvez por isso, inconscientemente, nos tenhamos ligado tanto. Tenho a certeza disso.
Passados todos estes anos somos talvez um pouco menos arquitectos, mas muito mais de outras coisas. Apesar disso, mantemos a mesma vontade e dedicação de fazer muito bem aquilo a que nos propomos fazer. O Leopoldo é chefe de cozinha, o Marco enólogo (sem papel passado, mas de muita categoria), e eu uma espécie viajante do quotidiano que gosta de desenhar estórias dos lugares e das pessoas de que mais gosto.

Estes desenhos foram feitos na passada 4ª feira, no café Garret, o lugar onde ainda se podem provar as especialidades do Leopoldo, prestes a mudarem de poiso. Uma hora e pouco, e alguns copos de vinho, separam estes desenhos, e isso também se nota no traço mais solto e divertido, e na expressão facial das personagens. Existem alguns desenhos que me emocionam, como estes dois...

Marco and Leopoldo have been my friends for over 20 years.
We met when I came to Lisbon, to study architecture, and were them, and so often their families, who supported me in my integration in this great city compared to the small place from which I came. Even today I have tremendous gratitude and friendship for them, although we inevitably are away , after our lifes began to run faster.
After all these years, and in a moment in my life were drawing is so important, I remember that they were the best sketchers among all, and perhaps that was the reason why, unconsciously, we have become so connected. I'm sure of that.
After all these years we are perhaps a little less architects, but much more of other things. In spite of this, we maintain the same will and dedication to do very well what we intend to do. Leopoldo is a chef, Marco a oenologist (with no diploma but with a lot of class), and I am a daily traveler who likes to draw stories of the places and people I love the most.

These drawings were made last Wednesday at the Café Garrett, the place where you can still taste the specialties of Leopoldo, about to change location. An hour and a half, and a few glasses of wine, separate these drawings, and that difference can also be seen in the more loose and funny lines, and the facial expression of the characters. There are some drawings that thrill me, like these two ...




Sem comentários:

Enviar um comentário